terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

tchhhh..


Radio pirata chamando..
radio pirata chamando!!

Celular mudo, gripe..
uma dorzinha no corpo..
5:30 da manhã..parque..corrida..
dez dias sem cigarro..
um sorriso idiota no rosto..
cabelo sujo
agenda realmente controlada
convites para lugares que não quero ir..

música no rádio
meias sujas e um tênis velho..
fotos
letras e rabiscos no meu quarto...
um monte de papéis me lembrando de ontem, de hoje, de que ainda existo...
um barulho na rua, pode ser de carro, espero que seja de moto..
a campainha que toca..
meu coração..tsc deixa meu coração pra lá..

eu que finjo acreditar no que não sinto e no que sinto também...
as vezes parece que não sou eu que vivo algumas coisas..
as vezes parece que não mereço

choro, canto, grito...
abro minha vida em páginas feitas de códigos e números..
para pessoas que nunca vi..
conto uma mentira fingindo ser mais forte do que realmente pareço..
falo alto, me perco no trânsito,
durmo na sala, e acordo achando que estou em mundo paralelo


pesquiso, checo sabe se lá o que, leio e-mails...
e escrevo mais do que minha mão pode agüentar..
olho o relógio..hoje tem plantão..
saio correndo..

Minha mente caminha louca por dentro de mim..

E eu vou acompanhando cada passo meu..

Cada minuto de experiência..

Não dá tempo, chegou o horário..

É preciso correr..

Sair..

É preciso beijar o amigo e abraçar o irmão..

É preciso viver com um pouco mais de paixão..
porque se for pra amar, esquece...

Mais uma dose, um pouquinho, um minuto..

Me dá mais..

Porque eu sempre quero...

Corre, o dia já vai nascer..

Não esquece da música que eu não te mandei e que me lembra você..

Bobagem..loucura..

Converso comigo dentro do carro parado na esquina..

Juro que não sou..juro que quero estar..

Juro que já nem sei..

E assim seguem os meus dias..

Viscerais..apesar da gripe..




Ouvindo_All Star_ Nando Reis

(porque o som que eu ouço, são as gírias do seu vocabulário...)

Detalhe da foto: tocando a muito tempo atrás..

Um comentário:

Leonardo disse...

Bom, tenho a opinião que mesmo com vidas diferentes, todos nós passamos por problemas o tempo inteiro. Demorei pra aprender isso. Quando criança, acreditava que a vida era um conto-de-fadas....doce ilusão.

Mas depois de tanto reclamar dos meus problemas, percebi que há milhões de pessoas em pior situação do que eu, e mesmo assim seguem em frente. Muitas delas felizes.

Percebi que as coisas não se resolvem de uma hora pra outra, às vezes se levam anos para isso.

Aprendi que a fase dos vinte e poucos anos é mais difícil que a adolescência. As responsabilidades aumentaram junto com os problemas cotidianos.

Nossas cabeças, corações, explosões a todo instante.

E na tentativa de consertar tudo, nada muda.

Acredito que o 'X' esteja em resolver cada problema separadamente, um por um. Também é preciso força de vontade, muita. Buscar os amigos, sempre. E não esquecer quem nós somos e o que queremos.

----------------------------------

Fique tranqüila Lu, você pensa que expõe sua vida no blog, mas na verdade ela está apenas nas entrelinhas. Você nos mostra apenas algumas folhas da grande árvore que é sua vida.

E não é legal o fato de pessoas do além, como eu, passarem por aqui pra te deixar opiniões, sugestões?

Era minha intenção! Ser uma voz do além, um conselheiro dos céus!!ha ha ha ha....mas você já me viu no orkut e acabou com a surpresa. droga... x(