segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Segunda ..


Eu ouço vozes lá fora, conversando sobre a vida, sobre o tempo de São Paulo,
sobre o preço da carne..

Eu ouço passos..eu ouço gritos, e ouço o meu coração acelerado fazendo tum tum..
Alguém me disse que em determinadas situações quando o coração da gente
fica assim é porque vem coisa boa por aí..

Mentira!
O meu anda assim a todo instante, a cada esquina, a cada olhar..
o meu coração não pode ouvir barulho de rua, de motor que já se agita,
já se anima..

Mas, cuidado! - eu digo para ele..
ninguém pode te ouvir..
porque a gente já aprendeu a sofrer calado..
e agora vai aprender a gostar calado também..
Porque eu ando sem estômago pra esse tipo de coisa..


Mas, vamo que vamo..
porque assobiando levanta!
Ohhh se levanta!





Alguém aí tem remédio pra dor de garganta?





Ouvindo_Sempre não é todo dia_Oswaldo Montenegro (musiquinha pra chorar um pouquinho..)

Eu hoje acordei tão só
Mais só do que eu merecia
Olhei pro meu espelho e há
Gritei o que eu mais queria
Na fresta da minha janela
Raiou, vazou a luz do dia
Entrou sem me pedir licença
Querendo me servir de guia

E eu que já sabia tudo
Das rotas da astrologia
Dancei e a cabeça tonta
O meu reinado não previa
Olhei pro meu espelho e há
Meu grito não me convencia
Princesa eu sei que sou pra sempre
Mas sempre não é todo dia

Botei o meu nariz a postos
Pro faro e pro que vicia
Senti teu cheiro na semente
Que a manhã me oferecia
Eu hoje acordei tão só
Mais só do que eu merecia
Princesa
Eu acho que será pra sempre
Mas sempre não é todo dia

2 comentários:

Anônimo disse...

Coração agitado é sempre uma coisa boa não? Mesmo que seja uma descarga de adrenalina na descida da montanha-russa. Mesmo que seja um susto de um amigo numa pegadinha boba.
Mesmo que seja corrida num banho de chuva boa.
Mesmo que seja o olhar da menina linda do outro lado da rua.

Se vêm coisa boa, eu não sei.
Mas me disseram que nossos pensamentos moldam nossa realidade tanto quanto a realidade molda nossos pensamentos. As coisas boas que fazemos nos retornam, se não do receptáculo, de outra pessoa.

Um beijo do seu admirador.

Leonardo disse...

Muitas pessoas realmente gostam de comentar sobre o tempo ou sobre os preços em queda, mas há muita gente que conversa essas coisas apenas para esquecer ou não revelar seu tum-tum

É difícil mandar no tum-tum, né? Mas a gente vai aprendendo....

Sentimento de inquietação. Xiii....isso é complicado demais. A gente quer resolver tudo mas não sai do lugar. E se for relacionado ao tum-tum pior ainda! O emocional gosta de competir com o racional, e na maioria das vezes ganha!

Mas é aquela velha estória...se a luta, se o sofrimento vale à pena, vai atrás. Agora, se de nada adianta tal esforço, simplesmente esqueça....ou como a gente diz aqui em São Paulo: "Desencana"! rsrsrs

Eu sei.... É muito difícil. Mesmo que não saiba qual é o seu problema, tente resolvê-lo assim que puder. Quem sabe você conquista o que quer, e se não conquistar pelo menos não ficará a dúvida de falhar sem ao menos ter tentado.

Eu, particularmente, quando estou triste. Não gosto de ouvir música deprê. Pois aí começo a chorar e pensar um monte de besteira. Prefiro ouvir algo bem agitado, que me faça berrar e correr pela casa. Assim eu esqueço os problemas, fico feliz e ainda o acerto o primeiro que vier com a almofada do sofá. ha ha ha