segunda-feira, 21 de julho de 2008

simples..devaneios


eu queria poder te escrever mais,
te dizer tantas outras vezes no pé do seu ouvido
o quanto você é importante..
te esperar tantas outras vezes..
contando as horas, os minutos e os segundos..

eu poderia chorar de felicidade
mesmo que escondido tantas vezes quanto fosse preciso..
poderia ir a pé do rio a salvador se fosse necessário..
dormiria de meia pra virar burguês
e todas as outras coisas..mais uma vez!

eu escreveria mais mil textos sobre o que eu sinto..
eu te contaria as minhas verdades..

te assumiria as minhas mentiras
e te declararia meu ciúme bobo, outras vezes quanto fosse preciso..

eu desenharia nosso nome na areia
mesmo achando isso a coisa mais brega do mundo..
eu pularia no abismo..
eu me entregaria, quantas vezes fosse preciso..
fotografaria seus sorrisos, seus pés, suas mãos..mais uma vez
pra ter mais uma vez sua pele perto da minha..
de novo, e de novo e de novo..

eu atiraria-me ao vento..
voaria..


eu te levaria para todos os lugares que você sempre quis ir..
te amaria,
e riria das suas manias..
dos sons que você emitiria e das vezes que você me faria rir..
de novo e de novo...

eu iria..
até você..
e te buscaria nos meus mais loucos pensamentos..

com você,
eu sonharia todas as noites..
e a gente voaria pra um mundo distante..
e caminharia por entre campos esverdeados
perto do mar..

e assim
a gente ia...


e vai...

todas as vezes que pronuncia a palavras "nós".
Porque eu sou uma, e você é um..
e juntos a gente é "nós"
e quando ele coexiste sem que um e uma não ultrapassem nem se emudeçam
é quando a gente descobre que aí existe um tal de
amor!





Ouvindo_Além do que se vê_Los Hermanos


(inspiração tangerina..)

2 comentários:

Matheus Delagostini disse...

por diabos... quem é pudim? huahuauha

e falou a poeta né? hahahaha mas tudo bem nao usarei de minha habilidade de critico literario para com seu texto nao dona fusca ^^

ai ai, to querendo apaixonar tbm uhauhahua sera q num tem uma amiga ae de sampa afim de arruma um minerim nao? =p

Dan disse...

A matheus eu sei quem é, e porque é pudim! ahahahaha.. mas é segredo! ahaha

e pra variar fiquei até sem graça de ler esse texto lindo!


te amo!!!

bjos