quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

About Globalization and other things..


Tenho pensado muito no conceito de globalização ultimamente..
e parece que sempre que o mundo dá um passo pra frente, tem necessidade de dar dois pra trás..


e não foi o contrário com a globalização..

Na teoria, o conceito de globalização parece mais uma prece pausada e linda sobre o mundo e sobre a queda dos muros culturais, econômicos e financeiros, fazendo com que o Globo Terrestre seja uma coisa e várias ao mesmo tempo, dando assim uma sensação de unidade mundial..

Aí vieram todos os conceitos empolgantes e cheios de publicidade, falando sobre as tribos que se formam, sobre o mundo integrado, a teoria das 7 (ou 9,10) pessoas que se interligam com o mundo todo..
e de repente a gente se viu nessa bolha..
na loucura de nações abrindo suas portas para estrangeiros..
gente conversando com gente do outro lado do mundo..
integração, conexão a 5678985457 gigas, velocidade de informação..
e uma série de equipamentos e parafernalhas que tornam a gente e a tela do nosso computador principalmente, conectados com o mundo em quase 100% do tempo..

Lindo..Maravilhoso..
um conceito, uma vida..
um jeito de viver..


Mas aí eu te pergunto, exímio leitor desse bloguinho:
" Cadê a Globalização quando eu decido ir conhecer outros países?? "
" Cadê a Globalização quando só existe uma língua universal com a qual eu posso me comunicar??"
" Cadê a Globalização pros brasileiros, pros países de terceiro mundo (se é que esse conceito ainda existe), cadê, cadê?"

Quer a resposta?


Não existe..
A Globalização é linda, é fantástica, é agradável..lá fora..

aqui..é bem diferente..

Vejo na TV uma jovem de 26 anos, grávida de gêmeos, que foi espancada por "xenófobos nazistas"..

Tudo bem que isso pode não ter nada a ver com Globalização..
Mas vejamos sobre outro aspecto..

Esses tais xenófobos defendem que os estrangeiros vão até o país deles roubarem seus empregos, seus direitos tão soberanos e tão "lindos" de serem empregados em suas respectivas cidades..

Mas peraí, não foi pra isso que a tal globalização foi inventada??
pro mundo se integrar?? trocar conhecimento??
pessoas trocando de países, aprendendo e ensinando culturas, costumes diferentes??
Não é pra isso que abrimos "nossas portas"??

E por acaso, cara mais que pálida, porque quando a gente vai pra fora do Brasil, tem que passar por uma série de testes de paciência e força de vontade, pra conseguir um papelzinho, um carimbinho que garante ao coitadinho um tempinho lá...
onde?
Quem sabe?

E a imigração??
barrando todo mundo que não tem o carimbinho, o papelzinho..
ou a autenticaçãozinha pra ir lá..ver o quê?
fazer o que?
durante quanto tempo?

Ahh..e é necessário ter dinheiro..
em espécie..
uns trocados pra eles..
e grana preta pra nós..

Mas aí você passa..
depois do sufoco da imigração..
viaja..fica um tempo e decide morar por ali..
você pode??
você pode??
não, não..
se te pegam..te prendem..
te humilham..mandam você pra cadeia..
alegam que seu papelzinho expirou..
que terá que voltar ao seu país de origem..

Sim..aí você volta..
e como todo mundo, vê todos os dias as ruas da sua cidade..
infestadas de japoneses, koreanos, alemães, franceses..circulado por aí..
numa boa..
trabalhando sem papelzinho, carimbinho ou benção de santo..

"Roubando" nossos empregos..ganhando muita dinheirinha..
sabe pra que?
pra levar pra lá..

Tudo muito caprichado, limpinho e arranjado..
sem burocracia..sem alfândega, sem limites..

Aliás o céu é o limite aqui né!??!


E a Globalização??
Ah..a Globalização a gente só estuda..e litera a respeito
a gente só tem que saber pra passar no vestibular..
pra mostrar que sabe alguma coisa da qual a gente não sabe nada!!!

porque pra nós, globalização é um conceito longínquo..quase um devaneio..
e pra eles..é realidade..
ou melhor..
um "american way of life.."



imagina se a gente fosse espancar todo mundo que é de fora??
não ia sobrar sujeito..nem advérbio pra contar história..





e vamos que vamos com nossos balangandãs por aí..
que já já é carnaval!!





Ouvindo_Pagu_Maria Rita

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi Luciana...
Globalização é importante porque somos um único mundo, mas separado em diversos países.
Cada um com sua cultura e forma de pensar e é esse um dos fatores que fazem povos diferentes um dos outros, e também mais ou menos eficientes.
A globalização tende a valorizar o que é mais eficiente. Uma peça X tem melhor custo-benefício? Vamos negociar... Assim os vários países supostamente começam a comercializar mais e um pouco de competição é sempre importante para que sejamos melhores sempre.

Infelizmente o Brasil não é tão eficiente assim. O povo não trabalha, todo mundo só quer saber de feriadão, e aqueles japas/chinas/koreas trabalham enquanto tudo o que desejamos é estar na praia (e zapt! já acabou a semana!).

Acho bonito falar em "orgulho da nação", mas o que temos para nos orgulhar atualmente? Aqui, se você é branco, classe média, heterosexual, estudado, ético, você está F$%#@DO... Vai ter que trabalhar, pois o governo não vai ajudar em nada. Só que estes são a minoria no país.
Temos um presidente (temos?) que não sabe o que está fazendo e é adorado por meros 84% da população!

Mas preocupar com o que? Daqui a pouco já é carnaval :P

E trabalhar pra que?

Leo disse...

puuutz........que texto grande hein filha? E escreveram aqui em cima como anônimo...hahaha....do jeito que vc gosta.


E eu discordo TOTALMENTE do cara aqui em cima. O povo não trabalha??? O que eu vejo nos metrôs lotados todos os dias? Eles tão indo pro trabalho ou é sala de bate-papo?

O Brasil não é eficiente? Ele está entre os maiores negociadores de importação/exportação do planeta!

Aí depois ele diz que se vc é classe média, heterosexual, estudado, ético tá F#%#$@& porque vai ter que trabalhar já que o governo não ajuda??? Que contradição hein?

Por favor não misturem a incompetência e malandragem do pessoal daqui com globalização ECONÔMICA. Ou nem teríamos computador pra conversar aqui.

O post da Lu se refere à falta da Globalização SOCIAL entre os povos, e os direitos iguais.

Luciana disse...

Obrigada Léo, pelo comentário..
aliás..
quem lê meu blog sabe que a última coisa que eu acho certo nessa país é o carnaval..
e eu estou falando de globalização social, como o Léo bem citou..
até porque a gente pode até querer feriadão, praia e sol..
mas não sai batendo nos gringos que moram aqui..


bom, pra bom entendedor meia palavra basta..

e comentário de anônimo??
pra quem eu vou responder??