terça-feira, 10 de novembro de 2009

fingir não é comigo..



Não entendo as pessoas, nesses seus relacionamentos..
sempre tentando ser ou parecer aquilo que não são..

Por exemplo:
Não pode ligar, porque se não o outro vai pensar que to correndo atrás..
Não vou atender de primeira porque pode parecer que estou grudada no telefone..
Não pode dizer o que sente, porque senão vão achar que estou desesperada..
Não pode, não faça, não respire, porque aí, você não sofre..


Doce ilusão..



A gente liga, porque quer ouvir a voz do outro falar...se não nem tinha dado o telefone..
A gente atende, porque está colado no celular ...morrendo de vontade de ouvir ele tocar..
A gente fala o que sente, porque mesmo quand
o não diz nada, o corpo fala, e na maioria das vezes ele diz “ Vem pra mim”...


A gente vive, e sofre...
aprende..
E reconhece que
fingir que não está nem aí, quando na verdade está morrendo de tesão são na verdade tolices que não protegem ninguém..de nada.



Porque a vida é isso...
É desencontro, e reencontro..

é amar e não ser correspondido..
ser amado e não corresponder..
chorar, sofrer..
achar que vai morrer..
parar de comer..
é fazer bobagens..viajar em pensamentos..
ter os cabelos contra o vento..
não ter contentamento..
é arriscar-se..

Por isso ligue, fale, diga..
sinta-se à vontade para ser você..
porque se esse outro lhe pedir pra ser outra coisa..
é que o amor é frivolidade perdida, que não acrescentará em nada sua vida..
essa vida..de quem sabe viver..

Ouvindo_Smile_Lily Allen

5 comentários:

Macário Campos disse...

Porque será que as pessoas perderam a esponteniedade e função de certas convenções, criadas não sei por quem, não sei para que?

André Sant'Anna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Sant'Anna disse...

Concordo plenamente com você! As pessoas seguem um esteriótipo, uma imagem de pessoa "ideal" porque acham que é isso que atrai o outro. Ser invulnerável. E para que? Para que tudo seja mais complicado? A constatação pior é se ver fazendo isso mesmo sabendo que não é legal, o que também é muito comum. De qualquer forma, a maioria das pessoas não está preparada para receber sinceridade, elas se assustam e correm. Experiência própria, hehehe.
Também gosto muito do seu blog, apesar de não comentar, visito sempre!
Bjão!

Macário Campos disse...

Correção:

Porque será que as pessoas perderam a esponteniedade em função de certas convenções, criadas não sei por quem, não sei para que?

Møderådørå disse...

Concordo, e adorei o texto
parece que as pessoas tem medo de ser feliz, ou acham que não são mercedoras desse sentimento.