segunda-feira, 15 de setembro de 2008

acerca de outras coisas..


Por mais uma inpiração a que me submeto lendo alguns outros livros..
reflito acerca de nossa leviana vaidade para com o passado..
Já me explico..

Grande parte das pessoas ao serem perguntadas se gostariam ou não de saberem quem (ou o que?) foram no passado, respondem imprudentemente que sim, que gostariam de saber quem foram..
Talvez na ãnsia por descobrirem - se donos de altas posições numa sociedade distante..ou por saberem- se príncipes, princesas, reis e rainhas de uma outra encarnação...

Qual não é nossa ignorância!
Saber quem fomos só nos fará lembrar de coisas as quais nos submetemos..
e talvez que hoje, em outras visões nos envergonharia..
Por exemplo: se eu fui uma rainha..ou um rei..
em outra vida..
de que me adiantou um posto tão alto se talvez, não pude e não quis fazer o bem a ninguém?
Ou pior, se ao invés de descobrir que fui uma princesa..simplesmente descubro que fui uma assasina, um crápula..uma pessoa que fez mal a alguém??

E aí?
Vale a pena ter esse conhecimento?


Não sei ao certo..
embora a curiosidade e a vaidade ainda nos tomem a cabeça..
saber do que fui, modificaria minha maneira de ser hoje?
Ou pior, estaria eu com a consciência preparada para ter acesso a tais informações??

Acredito que não..

tenho lido algumas coisas que em breve postarei aqui neste humilde espaço..
mas que acredito serem lições de vida, ou simplesmente conselhos a serem passados..
Sem defender religião ou filosofia..
coloco aqui mais um dos meus insights sobre a vaidade do ser humano..
talvez agora, com um pouco mais de profundidade..



e vamo que vamo..

Uberlâaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaandia!!

6 comentários:

Luize disse...

Ah! Sempre tem gente que quer saber o q foi no passado, o que vai ser seu futuro, e em algum momento da minha vida eu quis saber, mas hoje não quero saber nem o q fui e nem o q vou ser. Quero saber de hj e no máximo do amanhã! ;)

Anda sumida hein.
:*

Paz... disse...

eu não acredito em vidas passadas e muito menos nas futuras...
mas nada contra.
=*

Guizaum disse...

acho que a busca do auto-conhecimento, mesmo que seja baseado em presente, passado ou futuro.
O ser humano tem uma necessidade natural de se encontrar, achar o seu lugar e como agir perante a vida, por isso essa busca de informações em vidas passadas, mesmo que sejam incertas e duvidosas.
Mas que é incrível a quantidade de imperadores e cleópatras que existiram é impressionante! auhahuaahu

um bju!

Leo disse...

Eu gostaria de saber quem eu era, por curiosidade e também pra não cometer erros que possivelmente eu faria de novo.

Vou te ligar esta semana Luciana Marmotim!

beijos

Claudinha disse...

Ah a vaidade...hj mesmo revelei no meu blog um delírio futuro que é pura vaidade, sentimento inerente a qualquer ser humano. Quanto ao passado, nunca tive curiosidade e prá falar a verdade nunca havia pensado por essa ótica, da vaidade, mas sim pura curiosidade, ou pra saber o que errou como o Léo comentou.
Aliás, gostei do teu blog!

Fábio disse...

Pow Luciana,adorei seu blog ,de verdade,achei ele lendo aquela postagem falando das arianas (estou namorando uma :P),e ela tbm é corinthiana (aff),mas fora isso tudo bem;Hehehe,mas acho que suas idéias não podem parar por aqui,espero que vc continue a expressá-las,um abração!!!